Consultas

Para marcar a 1ª consulta

( online e presencial )

email: consulta@psipaulocaeiro.pt

telefone (de 2ª a 6ª feira, das 12h às 21h): (00351) 936 675 710

lkpkpp

ou deixe um comentário em baixo nesta página

(responderei em 48 horas)

Obrigado

Signal

Como fazer ?

  1. Fazer o download do Signal no seu computador e da App no seu smartphone;
  2. Deverá seguir as instruções do Signal para ter acesso à videoconferência no ecrã do seu computador;
  3. Introduzir nos seus contactos o nº de telefone (+351) 936 675 710 e apresentar-se no chat ;
  4. Esperar pela resposta do Psicólogo.

Skype

Como fazer ?

  1. Fazer o download do Skype ;
  2. Adicionar aos seus contactos o nome Psicólogo Paulo Caeiro ou o email consulta@psipaulocaeiro.pt;
  3. Apresentar-se no chat;
  4. Esperar pela resposta do Psicólogo.

Vantagens e desvantagens da consulta de psicologia online

Vantagens

a) Geralmente é mais barata do que a consulta de psicologia presencial;

b) Promove uma maior privacidade e expressividade. Sem sair de um ambiente confortável, acolhedor e reservado (ex.: Casa), a pessoa preserva a sua privacidade num lugar “seguro” para si, expressando melhor os seus comportamentos e emoções, facilitando assim o processo terapêutico;

c) Permite um acesso mais fácil a um Psicólogo quando existem situações de isolamento e de confinamento, como é o caso da actual situação de saúde mundial;

d) A consulta online permite eliminar as barreiras geográficas e físicas. Em qualquer região do mundo, a pessoa tem acesso a um Psicólogo que fala a sua língua materna ( a língua portuguesa no caso da minha consulta online);

e) Não existem problemas de acessibilidade. Pessoas com pouca mobilidade passam a ter acesso à consulta de psicologia, sem qualquer constrangimento;

f) Existe um menor gasto de tempo. Não existe necessidade de sair de casa, ganhando-se tempo para investir em outras áreas da vida;

Desvantagens

a) A relação entre a pessoa e o Psicólogo poderá demorar mais um pouco a estabelecer-se, devido à “mediação” do ecrã do computador;

b) A comunicação não-verbal pode não ser apreendida de imediato. Este facto pode impedir que o Psicólogo, na fase inicial do processo, tenha um melhor conhecimento da situação;

c) Existe a possibilidade de haver falhas técnicas durante a consulta. Podem ocorrer quebras na conexão da internet ou interferenciais de outro nível;

d) Este tipo de consulta é desaconselhado em doenças psicóticas activas.

Condições técnicas de acessibilidade e de privacidade

Condições necessárias para a consulta de psicologia online

Para as consultas correrem bem do ponto vista técnico é necessário e aconselhável:

1) O uso de computador portátil ou PC;

2) O uso de internet por cabo ou sinal forte de Wi-Fi;

3) Ter a última actualização da plataforma Skype ou  Signal

4) Usar auriculares com microfone;

5) Usar um lugar reservado, calmo e com luz.

lll

Privacidade e confidencialidade

A privacidade online

​As plataformas de videoconferência usadas seguem a legislação de protecção de dados usados na União Europeia, através das suas políticas de privacidade (ver Skype e Signal).  Nestas plataformas, toda a informação durante a videoconferência é encriptada.

ljlklk

A confidencialidade e privacidade da consulta

​A consulta de psicologia online rege-se pela mesma ética e os procedimentos das consultas presenciais. O Psicólogo assegura a confidencialidade e a privacidade de toda a informação da pessoa, incluindo a existência da própria relação, segundo o Código Deontológico dos Psicólogos Portugueses e o Regulamento Geral da Protecção de Dados.

A pessoa que acede à consulta dá o seu consentimento para a recolha e o registo de informação pessoal, de acordo com a legislação em vigor em Portugal e a política de privacidade deste site.

​Todas estas questões serão sempre alvo de discussão prévia entre o Psicólogo e a pessoa, aquando da primeira consulta e/ou sempre que se justificar.

Para melhores esclarecimentos deverá ler o Regulamento Geral de Protecção de Dados , ou o Código Deontológico da Ordem dos Psicólogos Portugueses.

Marque a 1ª consulta